• Imagem logo

Infraestrutura de pesquisa

Vinculado ao Departamento de Ciências Humanas e Filosofia da Universidade Estadual de Feira de Santana, o curso de Especialização em História da Bahia beneficia-se de uma ampla infraestrutura de pesquisa que compreende recursos bibliográficos e documentais localizados dentro e fora do Departamento.

 

SISTEMA DE BIBLIOTECAS (SISBI)

Criado em 1997, e constituído pela Biblioteca Central Julieta Carteado e por mais sete bibliotecas setoriais, o sistema de Bibliotecas da Universidade Estadual de Feira de Santana tem como missão organizar e disseminar informação no contexto da universidade, por meio de novas tecnologias de acesso, com vistas a subsidiar o ensino, a pesquisa e a extensão universitárias, contribuindo desta maneira para o desenvolvimento educacional e cultural de seus usuários e da instituição.

Além de seu acervo, composto por mais de 120 mil títulos, o Sistema de Bibliotecas ainda oferece uma ampla gama de serviços, entre os quais: Consulta online ao acervo (através do sistema Pergamum); Acesso ao Portal de Periódicos da CAPES, Biblioteca Digital de Teses e Dissertações e Portal de Revistas Eletrônicas da UEFS; Serviço de Comutação Bibliográfica (COMUT); Orientação para a normalização de trabalhos acadêmicos, etc.

Maiores informações, acesse.

 

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E PESQUISA (CEDOC)

Criado em 1999, o CEDOC tem por objetivo preservar e divulgar documentos gerados por instituições públicas e privadas, por grupos ou indivíduos do contexto geohistórico de Feira de Santana e região, fomentando a investigação histórica do meio rural e urbano. Seu acervo reúne registros produzidos em suportes variados, abrangendo desde documentos textuais até fontes orais e imagéticas, consideradas de interesse para contar a história da cidade de Feira de Santana e outros municípios adjacentes.

Nesse conjunto, destacam-se os documentos judiciais (livros de notas, processos cíveis e criminais, etc.) oriundos das comarcas de Feira de Santana e Riachão de Jacuípe, um conjunto de mais de 20 mil documentos relativos ao período compreendido entre meados do século XIX e a década de 80 do século XX, de grande interesse para os historiadores, especialmente daqueles com pesquisas no campo das relações sociais, políticas e econômicas, inclusive no campo da escravidão, bem como especialistas de outras áreas, a exemplo da Filologia, e também da Linguística Histórica.

Maiores informações, acesse.

 

MUSEU CASA DO SERTÃO

Inaugurado a 30 de junho de 1978, em prédio próprio no campus da UEFS, o Museu Casa do Sertão objetiva preservar a cultura sertaneja, resguardando aspectos do cotidiano do homem dessa região, e, por extensão, da própria Feira de Santana. Foram incorporados ao Museu o Centro de Estudos Feirenses, órgão criado pelo Monsenhor Renato de Andrade Galvão, e o Centro de Pesquisa e Documentação de Feira de Santana – CPDOFS, contribuindo desta maneira para a produção e viabilização da pesquisa histórica sobre Feira de Santana e região.

O acervo do museu inclui ainda a Biblioteca Setorial Monsenhor Renato Galvão, na qual estão disponíveis para consulta coleções de periódicos (séculos XIX e XX) e a Biblioteca Eurico Alves Boaventura, que pertenceu ao intelectual feirense; obras sobre Feira de Santana e região; uma coleção de folhetos de cordel (coleção Franklin Maxado), além de peças iconográficas e fonográficas.

Maiores informações, acesse.

 

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO (CPEX)

A Coordenação de Pesquisa e Extensão (CPEX) constitui um órgão suplementar da direção do Departamento de Ciências Humanas e Filosofia e atua junto a direção no apoio ao desenvolvimento de suas atividades acadêmicas relativas a pesquisa e extensão. Suas atividades compreendem o apoio e estímulo ao desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão no âmbito do DCHF; a organização, disponibilização e divulgação das informações referentes à pesquisa e extensão e produção acadêmica no DCHF; a promoção de espaços de interlocução entre os pesquisadores do DCHF e destes com outros coletivos da UEFS e de outras instituições; o oferecimento de orientação para o desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão no âmbito do DCHF; e o apoio na formulação e desenvolvimento de políticas de pesquisa e extensão para o DCHF.

Além disso, a CPEX possui um amplo acervo composto por livros, teses, dissertações e monografias sobre assuntos diversos. Uma listagem preliminar desse acervo pode ser conhecida no link.

 

LABORATÓRIO DE HISTÓRIA E MEMÓRIA DA ESQUERDA E DAS LUTAS SOCIAIS (LABELU)

Organizado em 2005,  o LABELU reúne professores e alunos da área de História que têm como campo de investigação a esquerda e as lutas sociais no século XX. Desenvolve, entre outras atividades, o trabalho de identificação, reunião e organização de acervos sobre as lutas sociais, entre os quais se destacam: a) material sobre os grupos dirigentes do Partido dos Trabalhadores, corresponde ao período de 1979 a 1998; b) acervo pessoal de Gerinaldo Costa, militante de movimentos sociais e do Partido dos Trabalhadores em Feira de Santana; c) documentação histórica do Diretório Central dos Estudantes da UEFS (1980-2004); d) o conjunto cedido pela Associação das Entidades de Feira de Santana (ADEFS), composto por documentos escritos produzidos por entidades do movimento social de Feira de Santana nas décadas de 1970 a 1990, com destaque para uma coleção do jornal O Grito da Terra.

Maiores informações, acesse.

Recomendar esta página via e-mail: